A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO EM UMA PERSPECTIVA CONTRA-HEGEMÔNICA

Mateus de de Freitas Barreiro

Resumo


Este artigo tem o objetivo de apresentar como a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) pode ser inserida em mercados competitivos, como o das organizações de Tecnologia da informação (TI) que comumente tem dificuldades para reter talentos. Quando a QVT é trabalhada sob uma óptica preventiva, que se contrapõem as visões assistencialistas e hegemônicas, a QVT poderá ser uma ferramenta que interfere diretamente na motivação dos colaboradores, levando a uma maior eficiência e eficácia organizacional, sendo um dos diferenciais para o êxito nos negócios e no bem-estar dos colaboradores. Esta pesquisa visa focar especificamente a QVT à luz do método de Walton, a partir de um estudo de caso sobre uma microempresa de TI no interior do Estado de São Paulo.

Palavras-Chave: Qualidade de Vida no Trabalho. Método de Walton. Tecnologia da informação.

 

Abstract: This article aims to present itself as the Quality of Life at Work (QVT) can be inserted in competitive markets, such as the Information Technology (IT) organizations that commonly have difficulty retaining talent. When QVT is crafted under a preventive approach, which counteracts the paternalistic and hegemonic visions, QVT can be a tool that directly affects the motivation of employees, leading to greater organizational efficiency and effectiveness, one of the advantages for success in business and well-being of employees. This research aims to focus specifically QVT the light of Walton method, from a case study of an IT microenterprise in the state of São Paulo.

Keywords: Quality of Life at Work. Walton method. Information Technology.


Palavras-chave


Qualidade de Vida no Trabalho; método de Walton, Tecnologia da informação

Texto completo:

PDF

Referências


CARMO, R. M. A importância do talento humano como recurso estratégico: um estudo sobre as políticas para retenção de profissionais em organizações de Tecnologia da Informação. 2007. 104 f. Dissertação (Mestrado em Gestão do Conhecimento e da Tecnologia da Informação) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2007.

FERNANDES, E. Qualidade de vida no trabalho: como medir para melhorar. Casa da Qualidade Editora Lida, Salvador, 1996.

FERREIRA, M. C.; ALVES, L; TOSTES, N. Gestão de qualidade de vida no trabalho (QVT) no serviço público federal: o descompasso entre problemas e práticas gerenciais. Psicologia: teoria e pesquisa, v. 25, n. 3, p. 319-327, 2006.

FERREIRA, R. et al. Concepção e implantação de um programa de qualidade de vida no trabalho no setor público: o papel dos gestores. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, v. 44, n. 2, p. 147-157, 2009.

GOMES, F.; ARAÚJO, R. Pesquisa Quanti-Qualitativa em Administração: uma visão holística do objeto em estudo. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 8, 2005, São Paulo. Anais...São Paulo: FEA/USP, 2005.

LIMA, O; TEIXEIRA, P.C. Direcionamento estratégico e gestão de pessoas nas organizações. São Paulo: Atlas, 2009.

MEDEIROS, L. F. Avaliação da Satisfação no Trabalho com o uso de Indicadores de Qualidade de Vida no Trabalho. In: XXV ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, Porto Alegre, Porto Alegre, RS, 2005.

MEDEIROS, L. F.; FERREIRA, M. C. Qualidade de Vida no Trabalho: uma revisão da produção científica de 1995-2009. Gestão Contemporânea, n. 9, 2011.

MORENO A. et al. Carreira e relações de trabalho na prestação de serviços de tecnologia da informação: a visão dos profissionais de TI e seus gerentes. Journal of Information Systems and Technology Management: JISTEM, v. 6, n. 3, p. 437, 2009.

ROMÃO, Maria; ARAÚJO, Tatiane. Retenção de capital intelectuaL no setor de tecnologia da informação de Brasília-DF. Universitas Gestão e TI, v.2, n.2, p.17-28, jul/dez. 2012.

TOLFO, S. R.; PICCININI C. As melhores empresas para trabalhar no Brasil e a qualidade de vida no trabalho: disjunções entre a teoria e a prática. Revista de administração contemporânea, v. 5, n. 1, p. 165-193, 2001.




Direitos autorais 2018 Revista Visão: Gestão Organizacional

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2238-9636

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200 E-mail: uniarp@uniarp.edu.br
Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.