PROJETOS PEDAGÓGICOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL DO CAMPO: UMA EXPERIÊNCIA COM TURMAS DE CRECHE E PRÉ-ESCOLA

Natalia Agnes de Araujo Almeida

Resumo


A educação infantil configura-se em processo histórico como um direito de todas as crianças e suas famílias. As crianças do campo e suas famílias também têm o direito de frequentar escolas infantis localizadas próximas às suas residências. Tanto a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB/1996) como as Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Infantil (2010) afirmam que as escolas que atendem as crianças residentes no campo devem ter uma proposta pedagógica voltada para as especificidades dessas populações, a qual se efetiva na ação docente e utiliza os recursos concretos e singularidades específicas do modo de ser e viver no campo. Na qualidade de ferramenta de apoio e orientação curricular, o Projeto Pedagógico constitui-se como um documento, elaborado em parceria com a comunidade, para orientar a ação pedagógica para um contexto peculiar, nesse caso a escola do campo. Em São Pedro da Aldeia (RJ), as Escolas Municipais do Campo vivem essa proposta, dentro de um programa chamado Resgate da Memória Rural Aldeense. Cada escola perfilada como “do campo” deve trabalhar dentro da proposta metodológica da pedagogia de projetos, de modo que as peculiaridades de cada bairro de inserção das escolas, as culturas e a história social sejam priorizadas no planejamento pedagógico diário, por meio de um projeto construído no início do ano letivo em cada unidade.

Palavras-chave: Projetos Pedagógicos. Educação Infantil do Campo. Infâncias. Prática Pedagógica.

ABSTRACT

Early childhood education presents itself in the historical process as a right of every children and their families. Countryside children and their families also have the right to attend children’s schools located near their homes. Both the National Educational Bases and Guidelines Law (LDB/1996) and the National Curriculum Guidelines on Early Childhood Education (2010) state that schools that attend children residing in the countryside must have a pedagogical proposal focused on the specificities of these populations that takes effect in the teaching action and uses the concrete resources and specific singularities of the way of being and living in the countryside. As a tool of support and curricular guidance, the Pedagogical Project is a document, developed in partnership with the community, to guide the pedagogical action to a particular context, in this case the countryside school. In São Pedro da Aldeia (RJ), the Countryside Local Schools live this proposal, within the Resgate da Memória Rural Aldeense program. Each school profiled as “countryside” must work within the methodological proposal of the pedagogy of projects, so that the peculiarities of each neighborhood where these schools are present, the different cultures and the social history can be prioritized in daily pedagogical planning, through a project built at the beginning of the school year in each unit.

Keywords: Pedagogical Projects. Countryside Children’s Education. Childhood. Pedagogical Practice.


Texto completo:

PDF


ISSN: 2238-9172

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200
Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.